quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Aprender a lidar com a admiração








Joana ultimamente tem experimentado coisas novas. Inclusive a sensação de estar em evidencia. Não, Joana não é uma famosa artista da globo. Mas para que Joana se sinta em evidencia não é preciso aparecer na televisão. Joana se sentiu fora do radar a vida inteira. Não é preciso muito para que ela se sinta em evidencia.

Há quem diga que isso não era real, que Joana nunca foi realmente invisível  Talvez não, pode ser que isso fosse uma ilusão afinal,   mas a sensação de invisibilidade era bastante real. E sem duvida isso influenciava suas atitudes e como ela se relacionava. E houve um momento em que ela quis romper isso. E então ela trabalhou internamente anos a fio, descobriu suas falsas crenças que a levavam a se esconder. Descobrui varias coisas, sua coragem aumentou e ela se tornou visível.

E agora seria a hora de Joana comemorar. Celebrar todo o seu trabalho e esforço e dar parabéns a si mesma.  Afinal ela não só se tornou visível como ganhou até mesmo algum grau de admiração. E ela gosta disso? Com certeza!!

No entanto existe um outro lado, uma reação interna que Joana não esperava. Ela descobriu que de certa forma gostava de ficar escondida.  E que ser visível pode ser assustador, ao menos para ela.  Parece que isso aumenta de certa forma o que outros esperam de você.  A admiração podem fazer com que busquem ajuda em você.  Mas e se Joana não tiver nada confortante para dizer no momento? E se em algum outro momento ela estiver cansada demais até mesmo para ouvir o que o outro tem a dizer?  De pessoas admiradas se costuma esperar muito e isso assusta Joana.

Mas isso não quer dizer que Joana não goste de ajudar. Quando acontece de ela conseguir ajudar alguém é uma sensação muito gostosa.  Mas durante toda a sua vida o papel de Joana foi ser a ajudada e não a que ajuda.  E sim, está sendo maravilhoso descobrir que ela pode sim ajudar e influir positivamente na vida de outros. Mas nem por isso deixa de ser assustador.  Ao saber que o que faz, ou diz influi as outras pessoas é preciso prestar atenção a cada movimento seu. Você se sente impelido a tomar mais cuidado.


Mas parece que isso faz parte do processo entre se sentir desconectado e se sentir conectado.  Com o tempo Joana aprenderá a lidar com isso. E aprenderá a lidar com o ser visível e admirada. E no final das contas isso é bom.  Porque apenas com uma mudança de visão sobre ela mesma é que ela conseguirá o tipo de relacionamento que procura.  Apenas acreditando que ela tem algo a oferecer é que ela conseguirá trocar e não apenas tirar.  Por mais assustador que possa ser acreditar que ela pode contribuir e ajudar é essencial paera a sua mudança de fase.

Nenhum comentário:

Postar um comentário