segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Diferença



Todas as flores são únicas

Algumas tem diferenças sutis

Outras gritantes


Na Flor desse blog

é tão gritante que olhos

se arregalam

E ela não passa despercebida

mesmo que se sinta invisível


As outras flores veem sua diferença

E não o que há em comum com todas as flores

As vezes nem ela vê

se sente isolada de tudo e de todos

como se não houvesse

um lugar para ela na Terra

ou mesmo no universo

Haverá algum lugar em que a Flor

se  sinta parte?


Como se fosse dada tanta atenção

a diferença que nada mais fosse visto

e ninguém conseguisse vê-la realmente

Não como ela é

Nesse sentido o seu

se sentir invisível

tem razão de ser


Mas as vezes isso também a cega

a faz desacreditar que existe

alguém capaz de entender e aceitar

a faz acreditar que não pode se relacionar

que não tem escolha a não se isolar

Se esquece que mesmo com sua diferença

ou talvez por causa dela

ela tem sim algo a oferecer


E por conta disso

há na Flor uma recusa a se isolar

mesmo com todos os desafios

que se relacionar implica

a quem está acostumado com o isolamento














Nenhum comentário:

Postar um comentário