sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Não desistir de si mesma.




A Flor olha em volta e nada reconhece

onde estaria ela? Não faz ideia

 Ela não vê um Jardim bonito

ela vê algo obscuro

como uma noite que não cessa


O estranho é  que a Flor sabe como sair

porque simplesmente não sai?

é uma resistência muito estranha

é algo louco e sem razão de ser


Afirmam tanto que na luz não

pode haver nenhuma escuridão

e é estranho a Flor que

mesmo vendo não se consiga ir além.


Que teimosia é essa?

De onde ela vem?

Porque seus vislumbres de luz

simplesmente não se sustentam?

Não lhe disseram que bastava ascender a luz?


 Por um momento lhe parece tudo mentira

tudo o que foi dito parece não funcionar

A área mais escura parece mais forte

que a luminosa afinal.  O contrario

de tudo o que lhe foi dito

enquanto a a outra parte questiona

as verdadeiras intenções da Flor

e o quanto ela realmente quer o que diz querer

Mas a Flor sabe o quer

e está sem credibilidade


E assim vai continuar

ela não tem como explicar

A única coisa importante agora

é a Flor não perder

a credibilidade perante si mesma



 E embora a musica abaixo

tenha tocado a Flor ela

não vai implorar para ninguém ficar

O importante é que Flor permaneça consigo mesma

e nunca desista de si mesma.

E que a própria Flor se ame

 com seu lado escuro

e mesmo com sua resistência insensata.



PS: Vou colocar aqui o link da musica que inspirou o poema.

http://www.youtube.com/watch?v=Ynwp9bH93kU















3 comentários:

  1. Muito legal.
    Visite o meu.

    www.cchamun.blogspot.com.br
    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderExcluir
  2. Siga sempre,Florzinha. Não desista jamais.
    É assim mesmo, o autoconhecimento leva tempo e mais ainda vencer as nossas "melecas". rsrs
    beijos

    ResponderExcluir