sábado, 15 de outubro de 2011

Pequenas erupções





Nos locais mais longínquos

Mais distantes de sua consciencia

A Flor escondeu toda a sua dor

Toda a sua raiva e magoa

Toda a sua frustração

Toda a sua insatisfação


Como alguém como a Flor

poderia sentir tais coisas?

Como a menina sortuda

com família estruturada

com todas as oportunidades a mão

Poderia ainda assim estar insatisfeita

e ter tantos sentimentos negativos?


A a Flor escutou a voz que lhe dizia

que isso seria muita ingratidão

a Flor se proibiu de olhar

para todos esses sentimentos


Mas eles estavam lá

e se acumulavam dia após dia

como uma lava que não tem como escapar

a não ser atraves de uma erupção


E assim começou a acontecer

sorte da Flor para ele ter conseguido

perceber o sinal das pequenas erupções

Dessa forma grandes estragos não foram feitos


Com essas pequenas erupções a Flor aprendeu

que tais emoções são humanas

e existem em todos independente

do quento se tenha ou não


E agora a Flor não se culpa mais

apenas se obeserva dia apos dia

e toma conscienca do lado escuro

e com isso as erupções diminuem

cada dia mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário