sexta-feira, 10 de junho de 2011

O Amanhecer

Um dia a Flor

Olhou a Janela

e viu um sol claro

No entanto ao olhar

para dentro da sua

alma viu nuvens

e ventos que anunciavam

uma grande tempestade


E viu que siua vida interior

era bem diferente da exterior

a aparente calma escondia

agitação, o aparente

comformismo e resignação

escondia desesperança


O dia estava claro

mas em sua alma havia

uma noite escura


E essa noite foi

em realidade uma benção

porque ela era um prenuncio

de um novo amanhacer

como uma nova era nascendo

na vida da Flor


E a Flor sabia

que tudo mudaria em sua vida

Agora já não há tantas

nuven. é o começo do Amanhecer