segunda-feira, 9 de maio de 2011

O Isolamento

 

isolamento

A Flor conheceu durante sua vida

tudo de bom e tudo de ruim

que a solidão pode lhe oferecer..

 

Sim a solidão tem seu lado bom

deu a Flor a capacidade de se

divertir sozinha, de não depender

da companhia do outro o tempo todo

 

O ruim é quando a pessoa

sente falta de alguem para compartilhar

e de alguem para lhe ouvir

 

Agora a Flor está entrando em

um mundo novo: O mundo da amizade

um mundo que a Flor sempre

quiz conhecer. E ela não esperava

encontrar tantos desafios..

 

Ela nunca se doou tanto

no entanto há quem ache pouco

ela nunca se abriu tanto

no entanto há quem ache pouco

ela nunca se interessou tanto

no entanto há quem ache pouco

 

Não importa o que a Flor faça

não é o suficiente… Ou assim parece

e são nesses momentos que a Flor

é tentada, que a Flor lembra

dos beneficios dividosos

do isolamento total

 

Como por exemplo, não ser cobrada

como por exemplo, não ser

mal imterpretada. Não correr o risco

de dizer uma coisa e a pessoa

entender algo completamente diferente

 

Não ser obrigada a falar mesmo

sem vontade e sem ter o que falar

porque obviamente isso é uma prova

de falta de interesse.

 

É, a vida isolada parece bem

mais tranquila e segura

Mas nem sempre a busca

por segurança traz satisfação

se que alguma vez traz. Então

a Flor insiste, mesmo no desconforto

e mesmo no desconforto ela

fica mais satisfeita com si mesma

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Sim, a solidão pode trazer sabedoria e principalmente autoconhecimento, mas o ser humano é gregário. Se está ruim com "eles", pior sem eles. rsrs
    Continue sua busca e sua expansão, linda florzinha.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Segurança me lembra trancas, cadeados, cercas elétricas, enfim, inúmeros atributos. Sempre me pergunto quantos desses atributos preciso pra me sentir bem. Quanta segurança necessito pra continuar a viver minha vida. E sempre percebo que quanto menos proteção coloco, mais consigo viver e aproveitar a vida, mesmo que alguns riscos sejam corridos...
    Cabe a cada um ponderar o quanto é preciso pra sua vida, e à partir daí seguir em frente!

    ResponderExcluir