quarta-feira, 27 de abril de 2011

A Coadjuvante

coadjuvante

 

O que a Flor sente?

Quais são suas opiniões?

Será que ela concorda com o colega?

O que será que ela discorda

do que o colega diz?

 

Bom, isso era um mistério…

Coisas que a Flor não

ousava falar. Para que afinal?

Quem se comportaria?

 

E assim a Flor seguia

sendo coadjuvante

de sua própria vida

 

O que ela sentia e pensava

Não era importante.

O importante era o outro

O que o outro sentia

e o que o outro pensava

 

E assim para agradar o outro

ela traia a si mesma

a ponto de nem ou menos

saber disso. Já que

a Flor era uma desconhecida

para ela mesma

 

Felizmente veio a chuva

que com o seu vento

a fez acordar. Um vento

meio incomodo

Mas que a fez abrir os olhos

para o seu interior

e a fez enxergar

que o mais importante

é fiel a si mesma!!!!

sábado, 23 de abril de 2011

Vídeo que fiz

Algumas musicas parecem que foram feitas para mim. Essa é uma delas. Quando eu a ouvi pela primeira vez senti como se a musica falasse a minha historia. Porque é exatamente o que diz a musica que está acontecendo comigo. Por isso fiz meu primeiro vídeo com essa musica. Vou colocar o vídeo e depois a tradução



Agora a Tradução:

Eu sempre fui um tipo de garota
Que escondia meu rosto
Com medo de dizer para o mundo
O que eu tenho que dizer
Mas eu tenho esse sonho
Bem dentro de mim
Eu vou mostrar isso, essa é a hora
De deixar você saber
De deixar você saber

(Refrão)

Isso é real
Essa sou eu
Eu estou exatamente onde eu deveria estar, agora
Deixe a Luz
Brilhar em mim
Agora encontrei quem eu sou não há nada que possa me prender
Chega de esconder quem eu quero ser
Essa sou eu

Você sabe como é
Sentir-se em meio a escuridão
Sonhar com uma vida
Onde você é uma estrela brilhante
Mesmo parecendo
que isso está longe demais,
Eu tenho que acreditar em mim mesma,
É a única maneira.

(Refrão)

Isso é real
Essa sou eu
Eu estou exatamente onde eu deveria estar, agora
Deixe a Luz
Brilhar em mim
Agora eu encontrei quem eu sou
Não há nada que possa me prender
Chega de esconder quem eu quero ser
Essa sou eu

[Joe]

Você é a voz que eu escuto na minha cabeça
A razão porque eu estou cantando
Eu preciso te encontrar, eu tenho que te encontrar
Você é a parte perdida que eu preciso,
A música dentro de mim,
Eu preciso te encontrar

[Joe e Demi]

Eu tenho que encontrar você

[Demi]

Isso é real
Essa sou eu

[Demi e Joe]
Eu estou exatamente onde eu deveria estar, agora
Deixe a Luz brilhar em mim
Agora eu encontrei quem eu sou
Não há nada que possa me prender
Chega de esconder quem eu quero ser

[Demi]

Essa sou eu

[Joe]

Você é a parte perdida que eu preciso,
a música dentro de mim

[Demi]

Essa sou eu

[Joe]

Você é a voz que eu escuto na minha cabeça
A razão porque eu estou cantando

[Demi e Joe]

Agora eu encontrei quem eu sou
Não há nada que possa me prender
Chega de esconder quem eu quero ser
Essa sou eu

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Disposta a Tudo!!

Como-estou-me-sentindo-Hoje

 

No fundo da alma da Flor

havia uma dor

algo profundo e constante

 

Mas ela estava tão acostumada

simplesmente não importava mais

se alguém lhe perguntava

como está querida? A Flor respondia

estou perfeitamente bem!!

 

Que adiantaria falar com alguém

algo que nem ela mesma entendia?

apenas reforçaria a preocupação

de todos a sua volta

para que reforçar isso?

A Flor está bem. Nunca esteve melhor

 

Mas a dor não se manteve constante

ela aumentou com o tempo

até se tornar insuportável

até ela não ter outra escolha

a não ser estar disposta a fazer

o que fosse preciso para

aquilo parar…

 

Quando a Flor encontrou alguém

disposto a ajuda-la não importava

não importava o quão desagrave

a verdade sobre si fosse

nem o quão irritada ela ficaria

a Flor estava disposta a tudo!!!

segunda-feira, 18 de abril de 2011

A oração

oração

 

Era cerca de 1998

A flor estava com alguns colegas

a caminho de um mercado.

No caminho foi avistada uma Igreja

 

A Flor e suas colegas entraram

Suas colegas aproveitaram para orar

A Flor não era religiosa, nem mesmo

pensava em Deus. Mas já que estava lá

ela se ajoelhou e fez a oração mais sincera

de toda a sua vida. Ela abriu seu coração

sem saber se alguém ou algo

realmente estava lhe ouvindo

 

E de todo o seu coração disse mentalmente:

“Deus sei que o mundo está uma confusão

e que eu tenho muito mais do que a maioria

Nas se puder, por favor me envie um amigo,

alguém que realmente me aceite e me entenda

se puder me atender tudo o que eu peço

é um amigo com quem eu possa contar”

 

E a Flor seguiu a sua vida e esqueceu

por completo da oração que tinha feito

e a Flor já havia desistido

certamente Deus tinha problemas

mais urgentes a resolver…

 

No entanto cerca de dez anos depois

heuns que aparece alguém

que muda por completo sua visão

que muda por completo sua vida

e com o tempo ela percebe

essa pessoa é a resposta a sua oração

essa pessoa a fez ver que

é ela mesma quem cria seu destino..

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Respeitar o próprio ritmo

 

caminhada

E a Flor segue em seu caminhar

E ela está sempre caminhando

embora as vezes tenha a

impressão de estar parada

 

Afinal ela já não teria

repetido atitudes que a levam

a se sentir mal vezes o suficiente?

Porque ela repeti isso??

é masoquismo??? Talvez seja!

 

No entanto é masoquismo

ainda maior não respeitar

o próprio ritmo, se condenar

por coisas que se acredita

que se deveria ter feito!!

 

Determinar um momento

para resultados aparecerem

e achar que fez algo errado

coso eles não apreçam

é mais do que um capricho

é desrespeitar o próprio ritmo

e portanto é desrespeitar a si mesmo!!!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Aspectos

aspectos

 

A Flor costuma temer

os aspectos destrutivos

que havia dentro de si.

E isso a levava a negação

de muitos sentimentos

que haviam em seu interior.

 

A Flor não percebia que fazer isso

é o resultado de uma falta

de auto confiança. A final

o que ó que estava dizendo era:

“A destrutividade é mais forte

do que eu e do que minha vontade

se eu não reprimi-la serei

dominada e farei um monte de besteira”

 

E assim sem perceber a Flor

dava poder a destrituvidade

e tirava de si mesma.

No fundo ela achava

as emoções e impulsos mais fortes

que ela mesma.

 

No entanto um dia ela descobriu

esses aspectos eram apenas parte dela

e não a Flor como um todo

E que ela podia ver esses aspectos

e ainda assim não reagir como eles mandam

 

A Flor descobriu que esses aspectos

não precisam ter dominio sobre ela

que ela pode ter domínio sobre eles

e assim ela descobriu que os aspectos

não são mais fortes que ela!