segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Ser Diferente

A Flor passou a vida a se perguntar
haveria nesse mundo um local para ela?
haveria algum grupo em que ela pertencesse?
porque ela tinha de ser tão diferente?
porque ela não poderia ser mais igual a todos?

A Flor se espantou quando descobriu pessoas
que consideravam uma benção ser diferente
para a Flor parecia mais maldição
qual era a grande vantagem disso afinal?

Ser excluída de todos os grupos?
incomodar a todos com sua diferença?
Ser vista como um ser estranho?
Não se sentir em casa em local algum?

Mas a vida é interessante e as vezes
usa maneiras não usuais para nos fazer enxergar
e hoje a Flor percebe que essas perguntas
a empurraram para um outro nível
possibilitaram sua transformação

Sem essas perguntas a transformação
nunca teria acontecido e então
nem esse poema nem o blog existiriam
Pois o blog nasceu de sua transformação
e sua transformação nasceu dessas perguntas.

6 comentários:

  1. Seja bem-vinda à sua nova casa, miga!
    Lindo texto!

    bjos!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo poema.
    Parabéns pelo blog.
    A flor por fim descobre que ela é assim porque o Criador a quis assim.
    É isso.

    ResponderExcluir
  3. Gostei da maneira como vc se descreve, pq vc se considera tao diferente??enfim terias varias perguntas a fazer..mas vamos com calma..seus textos sao muito bons..parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelo elogio!!!

    Olha eu não saberia dizer uma razão. Mas eu sempre me senti diferente.

    No entanto depois que fiz o blog percebi que muita gente já se sentiu como eu me sinto. Talvez não seja tão diferente assim. srsrsrs

    Mas eu me considero diferente da maioria das pessoas hoje em dia. Primeiro porque sou introvertida. Não gosto de ir a baladas. Mesmo quando era adolescente não gostava.

    Eu gosto de atividades mais calmas. A a maioria das pessoas que eu conheço é exatamente o contrario. srsrs

    Se quiser fazer mais perguntas fiue a vontade!!!!

    ResponderExcluir
  5. Luciana, não vejo que não gostar de baladas seja ser diferente, é uma questao de gosto. Uns gostam de agito, outros nao. Uns gostam do verde, outros do vermelho, e nem por isso sao diferentes. Diferente pra mim, é isolar-se por uma questao de elevação, é trocar um presente por um livro, é amar-se demais ou de menos ( de uma forma que nao tenha apego em nada) ser diferente é ter gostos opostos ao da sociedade, é por exemplo querer casar-se com o mesmo sexo, é se chocar com as limitaçoes das pessoas, é nao se importar com o que pensam ou dizem a seu respeito.

    ResponderExcluir
  6. Vc não ve. Mas acredite muita gente ve. E muita gente se espantou por isso. Talvez por eu morar no Rio de Janeiro.

    E eu seguir um caminho de auto conhecimento é diferente da maioria. srsrsrs.

    Uma vez eu disse que não me divertia em festas e me olharam como se eu fosse uma ET. E ainda disseram que isso era impossível. srsrsrs

    Por causa de reações como essas eu semtre tive essa sensação.

    Acredite. Vc faz parte de uma minoria que não me considera diferente por isso.

    ResponderExcluir