quarta-feira, 5 de maio de 2010

A Flor e o Arbusto

A flor viu
o arbusto que ela idealizou
é capaz de julgar
alguém com quem
ela nunca falou

Pelas roupas que usa
pelo tom de suas vozes
isso já é suficiente
para tirar conclusões, não é?

A flor nunca tinha reparado nisso
mas a culpa não é desse arbusto
foi a flor que o idealizou

Na verdade a flor não o enxergava
enxergava apenas um arbusto
que era admirado
e a flor era o problema

A flor não enxergava o arbusto
com seu lado positivo
e também com seu lado negativo
ele era a Admirado
simplesmente isso

E de repente a flor se questionou:
Se não fôssemos da mesma familia
nos falaríamos. Seríamos amigos?

Ele olharia para mim quieta em um canto
e se aproximaria ou chegaria a conclusões
sem sequer me conhecer?

A flor simplesmente viu
que aquele arbusto forte em especial
não era o que ela esperava

E ela sabia que não era culpa do arbusto
A flor o havia exaltado
e sempre após a exaltação há a queda

Nenhum comentário:

Postar um comentário