domingo, 6 de dezembro de 2009

O Abandono de si mesma

A flor em sua viagem
em direção ao seu interior
está descobrindo varias coisas
sobre ela. Está descobrindo
pensamentos e sentimentos
que ela não sabia que existia nela mesma

Na verdade não era bem não saber
ela não aceitava que esses sentimentos
pudessem existir dentro dela.

Por isso ela simplismente ignorava
e negligenciava várias partes de
sua personalidade por serem "inaceitáveis"

Mas agora a flor descobriu que
essa atitude tem consequencias
ela percebeu que essas partes
são como crianças que buscam
desesperadamente por atenção

Assim como crianças abandonadas
elas chamam atenção muitas vezes
criando problemas. Mas não com
intenção de prejudicar. E sim
de conseguir os cuidados que precisa

A flor entendeu que não pode
negligenciar parte dela mesma
porque isso equivale a abandonar a si mesma

E quem abandona a si mesmo
não tem condições de estar
satisfeito com a vida










Um comentário:

  1. Eu costumo chamar essas partes de mim mesma de demônios... hehehehehe. E eles aparecem a noite pedindo atenção. Engraçado ler isso hoje, porque ontem eu decidi dar a devida atenção e mandar a eles amor... Era o que faltava. Amar aquelas partes mais recônditas de si mesmo.

    Beijos flor... Siga feliz em seu caminho.

    ResponderExcluir