segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Apenas para treinar o deixar fluir

Resolvi fazer outro poema
Para treinar minha maior dificuldade
O deixar fluir
Não vou me preocupar se o poema está bom ou ruim
se tem ou não tem a rima perfeita

Afinal o poema mais rico é o que traduz o estado da alma
A jornada é interna
O exterior é apenas um reflexo
Atraves do mergulho dentro de mim

É que posso descobrir
os tesouros escondidos
na toca que eu não ousava penetrar
mas descobri que é para lá que eu preciso ir
se quiser descobrir o que é realmente importante
na minha vida

Um comentário:

  1. Luciana,
    Eu já havia visto a maioria dos seus poemas lá na comu. Agora estou relendo-os aqui. a idéia daquele tópico que coloquei lá é exatamente esse que vc descreve aqui. Continue a escrevê-los. Vc já tem um leitor assíduo deles. Eu. É muito bom ver a alma das pessoas através do que elas escrevem. Vc é transparente.

    ABÇ do JB!

    ResponderExcluir